sexta-feira, 8 de julho de 2016

Jerome ROTHEN, ex-internacional francês, ARRASA seleção de PORTUGAL!!!!




Jérôme Rothen: "Contra um País de Gales que não jogou nada de especial, Portugal aborreceu-me. A primeira parte foi catastrófica. Não sei se Danilo ou William Carvalho sabem fazer uma transversal de 30 metros, só sabem jogar no meio do campo. E Renato Sanches, foi comprado pelo Bayern por 35 milhões porque descobriram nele qualidades que ele ainda não tem. Tem frescura, progride com a bola, mas não tem nenhuma visão de jogo, nenhuma lucidez, nenhuma técnica. Portugal, na final, seja contra a Alemanha ou contra a França, não têm hipóteses nenhumas."

Pode ser que enganes oh cretino!!

Pantomineiro Mor

Alguns dos MOMENTOS HILARIANTES do EURO 2016



E o LOW é um dos grandes protagonistas!

Pantomineiro Mor

quinta-feira, 7 de julho de 2016

benni MCCARTHY festeja...... "vamos à FINAL CARALH*"!!!!!!!!!!!!!!!



O Bom português do Benny!

Pantomineiro Mor

Mestre NANDO, o GRECO, na sua tasca lá teve que servir LICOR de OURO e VINHO FINO!!!!!



Há água e há azeite; há licôr de ouro e licôr de merda. Também há vinho Fino e Moscatel de Setúbal. Na loja do Mestre Nando há de tudo um pouco mas, entre iguarias verdadeiramente inigualáveis encontra-se fiambrina, feijão preto e couratos.

Há quem prefira uma sandwich de couratos a lombo de porco fumado de Trás-os-Montes e quem ache que uma morcela de arroz se compara com paio Alentejano e também que o queijo bola Holandês é tão bom como Queijo da Serra e incomparavelmente melhor que o queijo de Azeitão.

Na botica do Nando também há carrascão Ribatejano do Cartaxo e Vinho do Douro e do Dão. Há um escanção de rastras que prefere o vinho tinto gelado e um beirão intransigente que lhe chama ignorante infecto.

O Nando convidou os amigos jornalistas e ofereceu-lhes um petisco de Sandwiches de couratos, Moscatel de Setúbal, carrascão gelado do Cartaxo, queijo bola em fatias finas e fiambrina. Em cima da mesa estava Pão de Kg cortado e pastéis de Belém expedidos de Lisboa na véspera. Foi muito aplaudido pela imprensa pela bela iniciativa georgiana de regar com água um prato de bacalhau à Bráz, à luz enfeitiçante de velas colocadas em copos de plástico.

Num canto escuro, ao abandono, estava o Paio Alentejano, o lombo de porco fumado, o pão de centeio em fatias finíssimas, queijo da Serra e de Azeitão, vinho do Porto com cento e dez anos, acabadinhos de fazer e uma travessa de doces de ovos de Aveiro, brancos de neve, acabadinhos de fazer.

Fora da loja aglomerava-se a multidão do Povo que espalmava os narizes na montra e se amontoava incrédula, enquanto observava a javardeira a empaturrar-se do outro lado da sala.

– Nando, deixa-nos entrar que o melhor fica a estragar-se mas, Nando, fez ouvidos de mercador horas a fio até que, de repente o Povo se insurgiu e antes que o linchassem, lá os deixou entrar para a mesa do canto. Com eles entreram alguns jornalistas estrangeiros que não compreenderam porque estavam a servir licor de merda e café solúvel quando havia, em quantidades assustadoras licor de ouro, Vinho do Porto com 110 anos e café de Timôr que chegava para todos e mais alguns. Dois jornalistas franceses vomitaram a fiambrina estragada, outro espanhol chamou a atenção para o queijo da Serra que achou decisivo, entre as iguarias Portuguesas. Os jornalistas ingleses que não encontraram cerveja quente foram-se ao vinho do Douro chambreado e apanharam uma grossa digna da vitória na Final. Vem um Francês e desata a fazer troça do vomitador, perguntando-lhe por que raio foi comer fiambrina com vinte e três anos de frigorífico em vez do Lombo fumado Transmontano.

Foi um fartote de gozo à custa do Nando, acabando todos a chamar-lhe Labrego. Como é que é possível? O catering era quase todo do Mendes? Mas esse gajo anda fugido, ninguém te disse? O Povo ainda vai a tempo de se deliciar, Graças a Deus! Não era sem tempo.

– “Oh Nando, mete o tomatinho na virilha..” e ele, meteu.

Pantomineiro Mor

O belo POEMA de CRISTIANO RONALDO







Este homem é só talento!

Pantomineiro Mor

sexta-feira, 1 de julho de 2016

A EFEMÉRIDE da nossa SELEÇÃO!!!!!



Estamos em euforia com a passagem às meias-finais e julgo que é o momento certo para falar sobre o tema. Todos já percebemos que não jogamos pevide, que o Ronaldo não está para jogar um boi pela seleção das quinas, sendo recorrentes aqueles olhares em campo de desespero como quem diz “com estes coxos não vou a lado nenhum”.  É verdade que Ronaldo é mais conhecido pelo mundo do que Portugal, mas dava jeito que ele tivesse presente que é apenas um dos 23.  Já faltam poucos dias para terminar a nossa participação no Euro e já me parece difícil que as coisas venham a mudar. Nem o Greco consegue ter mão nele e por isso lá vai fechando os olhos. Ronaldo só joga para a equipa quando as coisas estão feias, de resto a vedeta só tem olhos para o seu umbigo. Com a persistência que tem em marcar todos os livres, ainda o vamos ver a marcar pontapés de baliza a ver se a mete dentro das redes adversárias! Já faltou mais…..

Tenho ouvido muitos paineleiros nestes últimos e dias e de facto parece haver algum consenso que aponta para o facto do greco ser um maricas e não querer arriscar. Não é dito desta forma, à bruta, mas é o que quer dizer. Lá vamos festejando o nosso percurso por entre empates atrás de empates até ao derradeiro empate final. Estou tentado a vaticinar que quem vive pela espada morrerá pela espada, e perderemos após mais um empatezinho, às mãos da marca de grande penalidade. Sempre é melhor do levar uma tareia na final perante uma Itália ou uma França…. Sim, é isso, estou a vaticinar uma eliminação nas meias aos pés da Bélgica.

Não estou a ser pessimista, apenas e só realista, já fomos longe demais. Aliás prefiro assim, não somos uma nação de vencedores, não merecemos, e para nosso bem, não devemos ganhar o Euro. Recordo a improvável vitória grega no Euro 2004, precisamente contra nós, e naquilo que a Grécia se tornou, um país de mão estendida perante os seus pares europeus. Me dirão que não há ligação direta, e eu respondo, não há coincidências, depois da glória, a derrocada. Prefiro ter pão para comer a uma taça no museu. Bem, podemos lerpar nas meias e daqui a 2 ou 3 anos estar nas lonas como os gregos… pois sim, não nego, mas a fatalidade parece-me maior se ganharmos o Europeu. Recordo os meus caros leitores que a história se repete sempre, embora de forma diferente.

Voltando á vaca fria. O Greco não é um maricas como os paineleiros sugerem, é um realista! Alguém pode pensar em ser campeão europeu a jogar com o meio campo do Sporting? Ninguém no seu perfeito juízo. Por isso o greco joga com as armas que tem, e são poucas,  porque o melhor do mundo de quinas ao peito é apenas e só um gajo que está a tapar a entrada do Eder no 11! Salva-se o Renato, o Pepe e o Raphael, este último sempre cheio de mazelas. Hah e tal e o Quaresma? O cigano faz 15 minutos de bom nível, depois fica estafado! Mas e o que dizer do Nani? Jogador banal que já perdeu a capacidade de explosão que fez dele um extremo de top no Manchester!

Os méritos do Greco? Armou uma equipa de bons rapazes, quase todos bastante esforçados e tem tido a sorte dos mais mancos que têm entrado no 11 se terem lesionado, obrigando-o a fazer as alterações que o povo por aí aclamava. De outra forma como teria o Renato chegado ao 11? Foram por isso lesões cirúrgicas, com a única exceção a ser a do Raphael, porque como todos sabemos, com toda a picanha acumulada no cú do Eliseu, o gajo mal se mexe!

Vá, cairemos nas meias, e ficarei feliz, não tanto como o nosso Ronaldo que já está com a cabeça em Ibiza, mas pronto!


Pantomineiro Mor

RENATOR!!!!!! Ai se não é o nosso PUTO de 18 anos......







Miúdo, és fabuloso!!!

Pantomineiro Mor
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
!-- Start of StatCounter Code for Blogger / Blogspot -->